Curiosidades,  Dicas

Trip Tips: Vancouver

 

Se você é o tipo de pessoas que sempre sonhou em passar um natal como nos filmes, com neve e frio, decorações lindas e tudo o que não temos no Brasil, o Canada é um bom lugar para visitar nessa época. Falei a um bom tempo atrás aqui da minha cidade favorita do país: Toronto AQUI. Hoje resolvi falar de Vancouver, uma cidade bonita, moderna, chuvosa e diferente. Há mais de 10 anos considerada a cidade mais habitável no mundo e com muitas coisas para fazer vale muito a visita.

Apesar de ficar em um país frio, tem a segunda maior média de temperatura do Canada, perdendo somente para Vitória. Sim é possível ver neve na cidade, mas se este é o seu objetivo existem locais mais apropriados. Apesar deste fator possui a famosa Whistler-Blackcomb Resort, que foi sede dos Jogos Olímpicos de Inverno de 2010.

Vancouver Art Gallery: A VAG foi fundada em 1931 e possui 3.846 km² de espaço de exposição e cerca de 9.000 trabalhos que podem ser vistos. Possui uma enorme e muito conhecida exposição de fotografia, e o edifício aonde fica é muito bonito.

Science World: O museu de ciências tem muitas coisas interessantes, e é um ótimo lugar para levar as crianças. Tem muitas atividades e coisas para fazer, e todos os locais tem bancos para os pais darem uma relaxada.

Vancouver Aquarium: Eu sou o tipo de pessoa que acha o maior mico conhecer aquários, mas este realmente vale a pena. Com vários tipos de peixes, baleias, polvos, etc. é muito famoso por ter sido o local que serviu de inspiração para o filme Nemo, da Pixar. Se você for conhecer, não deixe de ver as lindas baleias Beluga.

Granville Island: Esta ilha é um dos pontos mais visitados da cidade. Criada por mãos humanas – ou seja não é uma ilha natural – é acessível tanto por terra como por mar. O local é uma espécie de centro multi-uso, tem industrias, comércio e centros de entretenimento. Possui um mercado, mini shoppings, lojas só para crianças e até aluguel de caiaques e barcos. É um ótimo lugar para se ir em um dia de sol.

Gastown: O local é bem turistico, não é incomum encontrar muitos orientais com suas câmeras nas mãos andando aos montes pelo local. O que eles consideram mais atrativo no lugar é o relógio a vapor. Sim, é um relógio que funciona com o vapor d’água. Recomendo que vá só para dizer que foi, e se tiver tempo de sobra.

Skytrain: É um dos vários meio de locomoção pela cidade. Um trem rápido bem comprido que liga quase toda a cidade, é um dos maiores orgulhos do povo de lá por ser elétrico, rápido, útil e não poluente. Com duas linhas que cobrem 33 estações pode toda a cidade é uma boa opção para se locomover de forma barata e diferente.


Dicas:

– O melhor local para fazer compras que não sejam os shopings (que são muitos e bons) é a Robson Street. Uma longa rua bem segura que funciona até tarde da noite com todos os tipos de lojas.

– Um belo lugar para se ver é o Fairmont Hotel. Quem não estiver economizando e quiser ficar em um lugar belíssimo e luxuoso, é uma boa pedida. A cadeia de hotéis é famosa no país por seus belos e imponentes prédios.

– No inverno é bom andar sempre com uma rain boot (bota de chuva) pois chove muito e neva pouco, tornando o chão da cidade liso de gelo e perigoso.

– Se tiver um tempo extra vale a visita a cidade de Victoria, com um tom mais europeu e antigo é linda. Da para ir até ela de ferry que sai em horários pré determinados.

Espero que tenha ajudado!

Beijos

Thábata

Uma curitibana e típica pisciana que adora filmes, séries, cultura, viagens e tudo de mais incrível, curioso e diferente que o mundo tem para mostrar! Meu propósito de vida é deixar o mundo um lugar mais leve para que as pessoas possam se amar mais, rir mais, relaxar mais e buscar a felicidade! Sempre gostei de escrever e de poder compartilhar meus pensamentos com outras pessoas e encontrei nos meus textos e no meu blog o lugar perfeito para isto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.