Tag para ‘Séries’

1480519916_862963_1480520854_noticia_normal

Confesso que a algum tempo não acho uma série que me prenda e vicie como algumas fizeram, Homeland, Scandal, etc. Alguns dos lançamentos novos, ou que eu descobri recentemente, me chamaram a atenção e eu realmente recomendo.

Outra novidade, o Netflix agora disponibiliza para você assistir Offline seu conteúdo. Basta fazer download do aplicativo, baixar os episódios/filmes que eles ficam salvos e podem ser assistidos mesmo sem internet, acho sensacional.

 

1.American Crime Story: The People vs O. J. Simpson

960

O julgamento de O.J. Simpson. Ex-jogador de Futebol Americano, Orenthal James foi acusado em 1994 de assassinar a esposa, Nicole Brown, e o amigo Ronald Goldman. Contado através da perspectiva dos advogados que conduziram o caso, a série explorara os acordos feitos de maneira informal e as manobras políticas conduzidas por ambos os lados envolvidos.

Em dez episódios, a série retrata o julgamento de OJ, que foi um evento televisionado e alvo de inúmeras repercussões; o drama traz no elenco Cuba Gooding Jr. como OJ, John Travolta, David Schwimmer e Courtney B. Vance como o Dream Team de advogados do ex-jogador. No time de acusação estão Sarah Paulson como Marcia Clark e Sterling K. Brown vivendo o assistente Christopher Darden.

 

2.Sherlock

Sherlock-Temporada-4

A série possui suas três temporadas completas na Netflix. O drama policial é baseado nas histórias de Sherlock Holmes. A readaptação dos misteriosos contos de Arthur Conan Doyle, acontece nos dias modernos, onde o famoso detetive anda pelas ruas de Londres em busca de pistas para solucionar diversos crimes.

Holmes é conhecido por sua excentricidade e uma personalidade difícil de se conviver. Contudo, ele também é mestre em descobrir aspectos da vida das pessoas apenas por observar e fazer deduções. A série teve indicação para 17 Emmys e Globo de Ouro, tendo ganho em várias categorias. Desde 2001, a sua terceira temporada se tornou a série de drama mais vista no Reino Unido.

 

3.Black Mirror

220659

Para quem gosta de ficção científica, esta série que possui suas três temporadas e mais um episódio extra na Netflix, é uma boa pedida. O seriado reflete o outro lado das telas e da tecnologia, o sombrio, nos fazendo repensar o modo como consumimos tecnologia e como nos comportamos quando estamos atrás de uma tela, seja da TV, do computador ou do celular.

O diferencial deste seriado é que a cada episódio há um elenco diferente, um set diferente, novas histórias, além de realidades distintas. Mas todos retratam nossa inquietação contemporânea em relação ao mundo moderno e o vício pela tecnologia.

Cada episódio é um pequeno conto que problematiza a nossa dependência por tecnologia e as consequências que isso pode trazer, porém, de uma forma um tanto quanto apocalyptica. O criador do programa, Charlie Brooker, explicou ao The Guardian que o “espelho negro” do título é o que você vai encontrar em todas as paredes, em todas as mesas, na palma de toda a mão: a fria e brilhante tela de uma TV, um monitor, um smartphone.

 

4. Stranger Things

stranger-things-1-1200x605

Stranger Things estreou na Netflix em julho de 2016 e rapidamente se tornou uma das séries mais queridas entre os assinantes do serviço. No total, são oito episódios com, em média, 50 minutos de duração. E a segunda temporada já está confirmada para ser lançada na plataforma até fim deste ano.

O seriado se passa nos anos 80 e faz um mix com elementos de ficção científica, aventura e terror. Um dos fatores apontados como o segredo para o seu grande sucesso é a grande quantidade de referências aos clássicos do cinema e literatura dos anos 80, o que levou os fãs deste tipo de produção ao delírio. Em resumo, a história é sobre um menino que desaparece misteriosamente e a cidade inteira se envolve em suas buscas. Porém, o que eles encontram está repleto de segredos, seres fantasiosos e mistério.

 

5. The Crown

thecrownnetflix

Esta série original Netflix foi lançada no final de 2016 e acompanha a vida política, as rivalidades e relacionamentos da rainha Elizabeth II. Filha do rei George VI, Elizabeth assumiu a coroa inglesa aos 25 anos, após a morte de seu pai. Porém, junto com grandes compromissos, vêm grandes responsabilidades, e Elizabeth precisará aprender a como lidar com todas as mudanças que ocorrerão em sua vida.

Nesta primeira temporada disponível na Netflix, os telespectadores podem acompanhar os primeiros anos do reinado da atual monarca britânica. A primeira temporada de The Crown possui 10 episódios, com cerca de uma hora de duração cada. Uma segunda temporada já foi confirmada pela Netflix. Uma curiosidade sobre o seriado é que ele ficou conhecido como o mais caro da Netflix, custando aos cofres do serviço de streaming um investimento de US$ 100 milhões.

 

6. Freaks and Geeks

freaks_and_geeks_rect-1-1

A série tem apenas uma temporada, que está completa na Netflix, com 18 episódios. A trama gira em torno da adolescente Lindsay Weir e seu irmão Sam. Ao perder a vó, Lindsay fica extremamente abalada, o que gera uma mudança em seu comportamento, com a perda de alguns hábitos e o ganho de outros. Ela faz novos amigos, só que estes são politicamente incorretos e problemáticos.

Esta nova fase na vida de Lindsay balança sua relação com seus pais, trazendo diversos conflitos no seio familiar. De forma paralela a isso, a série ainda mostra o percurso de Sam e seus amigos Geeks, enquanto eles tentam se encaixar em um novo universo social.

O seriado é bem antigo, mas quem sabe isso faça dele mais especial, é possível ver atores famosos da atualidade no começo da carreira  como James Franco, Seth Rogen, Jason Segel, Linda Cardellini e Ben Foster.

 

Sabem mais alguma para me indicar?

Beijos

Thábata

Informações das séries: Oficina da Net

 

landscape-1454106620-gilmore-girls-1

Eu sempre dou dicas de séries que eu gosto por aqui, por que se tem uma coisa que eu gosto nesse mundo é assistir filmes e séries, e comer logicamente.

Recentemente o Netflix <3 resolveu fazer uma continuação da série de 2000 Gilmore Girls, mas antes de lançar os novos episódios liberou as 7 temporadas completas. Esta série eu via quando mais nova com a minha mãe e gostava bastante, mas nunca acompanhei. Recentemente li um artigo que explicava como as duas personagens principais da série estiveram a frente do seu tempo e já pregavam a importância do empoderamento feminino – não sou muito fã desta palavra, mas adoro o conceito – e resolvi assistir ela inteira novamente. E isso se tornou um vício.

O que eu mais gosto nesta série não é por ela ser bem meu estilo, romance leve com comédia, ou por ter personagens muito bem bolados ou diálogos complexos. O que me encanta em Gilmore Girls é o quanto ela nos ensina tudo que as mulheres podem fazer e ser por conta própria. Sem ajuda de pais, sem precisar de muito dinheiro e muito menos de um homem. São pouca as séries, filmes ou novelas onde a personagem feminina principal é completamente realizada sem precisar de um par. Você pode e deve ser ambiciosa, pode e vai conseguir se virar sozinha e com certeza sua felicidade vai estar focada nas suas próprias realizações e não no outro.

Somente há 80 e poucos anos atrás as mulheres puderam votar no Brasil. As antigas crenças de que tudo tem uma idade certa para as mulheres e que determinadas coisas devem acontecer para que se possa “cumprir seu papel feminino” não são mais aceitas. Atualmente as mulheres são criadas para seguir seus sonhos, conhecer lugares, experimentar o amor e entender sobre elas mesmas. Podem ter filhos sozinhas, podem estar a frente de grandes corporações e podem decidir por conta própria o que fazer com sua vida e seu corpo. E isto, é uma grande conquista nossa.

Sobre a série:

A série conta a história de Lorelai Gilmore, uma americana filha de pais muito ricos que engravidou acidentalmente aos 16 anos. Inconformada com o comportamento de seus conservadores pais, ela decide criar a filha sozinha, se emancipando e se refugiando na pequena cidade de Stars Hollow. A cidade acaba se tornando o lar de Lorelai e Rory, sua filha. Com o tempo sua filha cresce e ela consegue um emprego como gerente de uma pousada, e com isto consegue criar sua filha e mandá-la a faculdade. O enredo se desenvolve na vida das duas que antes de mãe e filha são melhores amigas.

rs_1024x759-160411063254-1024.gilmore-girls-revival-netflix-4.ch.041116

As personagens são bem peculiares, tem boas tiradas e falam rápido quase que nunca a sério. Os moradores de Stars Hollow são bem bolados e divertidos e em alguns capítulos você deseja ter nascido em uma pequena cidade no interior e criado sua filha desde jovem, parece ser bem divertido.

bff249ab58a2bedf59aa284fa1e23f3a14340891f68ae4241445e4dc5851b480

Espero que gostem 😉

Beijos

Thábata

 

 

Tags: , , ,
Categoria:New
Comentário:0

15669188655_a85102ac7c_b

Eu adoro a série de desenho animado Os Simpsons. Gosto muito do tipo do humor deles, das piadas com o cotidiano, de como eles viajam em algumas coisas sem sentido, porém, o meu favorito sobre a série é quando eles recriam fielmente cenas famosas de filmes conhecidos.

Separei algumas referências para ilustrar isso, e no final do post tem um vídeo bem legal. Estima-se que sejam mais de 200 referências ao longo de 27 temporadas.

 

O Poderoso Chefão:

simpsons-filmes_poderoso-chefão_1 simpsons-filmes_poderoso-chefão_2

 

Atividade Paranormal:

simpsons-filmes_atividade-paranormal_2simpsons-filmes_atividade-paranormal_1

 

King Kong:

simpsons-filmes_king-kong_1 simpsons-filmes_king-kong_2

 

A Dama e o Vagabundo:

simpsons-filmes_dama-vagabundo_1 simpsons-filmes_dama-vagabundo_2

 

Exterminador do Futuro:

simpsons-filmes_exterminador-do-futuro_1 simpsons-filmes_exterminador-do-futuro_2

 

Grinch:

simpsons-filmes_grinch_1 simpsons-filmes_grinch_2

 

 

James Bond: Intriga Internacional

simpsons-filmes_james-bond_1 simpsons-filmes_james-bond_2

 

ET:

simpsons-filmes_et_1 simpsons-filmes_et_2

 

Dr. Fantástico:

simpsons-filmes_dr-fantastico_1 simpsons-filmes_dr-fantastico_2

 

The Simpsons movie references from Celia Gómez on Vimeo.

Sensacional né?

Para quem curte cinema é demais!

Beijos

Thábata

tumblr_nci9z6xz4B1tq4of6o1_500

Um amigão meu que gosta tanto de cinema e séries quanto eu me contou um dia sobre A Quebra da Quarta Parede, confesso que já tinha notado em vários filmes mas não sabia que era assim que se chamava e acho sensacional quando isso acontece e é bem utilizado.

A Quarta Parede é a barreira imaginária entre o personagem e o público. Quebrar a quarta parede nada mais é do que quando o ator olha para a câmera ou conversa com a audiência. No cinema isso é pouco usado, em séries é mais comum como em House of Cards e Modern Family. Dois casos de filmes recentes trazem isso, Deadpool que é usado durante todo o filme como uma maneira de interação e para fazer algumas piadas e em O Regresso que é utilizado no final do filme como um elemento surpresa.

Vamos ver mais filmes famosos que utilizam esta quebra:

Curtindo a Vida Adoidado (Ferris Bueller’s Day Off) – 1986

Um dos mais clássicos, o personagem de Matthew Broderick passa todo o filme comentando os acontecimentos da estória com o público.

582x0_1456345378

Clube da Luta (Fight Club) – 1999

Um dos melhores filmes já feitos em minha opinião, trazem o personagem principal interpretado por Edward Norton explicando os acontecimentos e apresentando as situações para o público.

clube da luta

O Máscara (The Mask) – 1994

Da mesma forma utilizada em Deadpool, em O Máscara Jim Carrey usa a interação com o público de forma cômica.

omaskara

O Grande Roubo do Trem (The Great Train Robbery) – 1903

O clássico foi um dos primeiros filmes a trazer a interação do personagem com o público. Em uma cena sem relação com o filme, um ator olha para o público e dá um tiro na direção deles, dando um susto em quem estiver assistindo.

tumblr_lvovvwaQ9c1qcay1ao1_500

 

Psicose (Psycho) – 1961

O filme traz a quebra de maneira bem sutil, somente com o olhar do personagem para a câmera, assim como acontece em O Regresso.

Psicose2

 

Encontrei um vídeo bem legal com algumas cenas de diversos filmes em que a quabra acontece:

Demais né? Acho o cinema fantástico.

Créditos ao querido Toni Follador que deu a dica do post 😉

Beijos

Thábata

 

capa

Amantes dos finais de semana, aqueles perfeitos para ficar no sofá em baixo das cobertas assistindo seriados, este post é para você. Eu tenho um vício, admito, e ele se chama cinema. Nunca fui fã de novelas e programas de auditório, mas desde que descobri o Netflix e sei que posso assistir os capítulos de um seriado quando eu quero, os seriados entraram para esta lista.

Listei 10 seriados excelentes, de vários estilos, que estão disponíveis no Netflix. Alguns possuem todas as temporadas, outros que ainda estão no ar tem as penúltimas.
Prepare a pipoca, a calça confortável e o cobertor.

1. Homeland

Mandy Patinkin as Saul Berenson, Claire Danes as Carrie Mathison, Rupert Friend as Peter Quinn and Damian Lewis as NIcholas "Nick" Brody in Homeland (Season 3, Gallery). - Photo: Frank Ockenfels 3/SHOWTIME - Photo ID: HOMELAND_S3_FlagRoomGroup.R

Sinopse: A série é sobre a CIA. Carrie Mathison (Claire Danes) que é uma agente de operações especiais da companhia, acredita que um fuzileiro resgatado da Al-Qaeda passou para o lado inimigo e representa uma grande ameaça para a segurança nacional dos Estados Unidos.

Por que vale a pena? Esta é uma série que confesso que relutei para começar a assistir, mas ela é realmente muito boa, os personagens são bem desenvolvidos e quando você acha que não tem mais o que ser inventado no enredo para melhorar, isso acontece.

2. Modern Family
modern family

Sinopse: O seriado segue três família diferentes, a de Jay Pritchett (Ed O´Neill), de sua filha mais velha Claire Dunphy (Julie Bowen) e de seu filho Mitchell Pritchett (Jesse Tyler Ferguson). Jay é um empresário de sucesso com uma certa idade e casado com uma linda e escultural colombiana Gloria (Sofia Vergara). Claire é uma mãe de três filhos pré-adolescentes e dona de casa, casada com Phil Dunphy (Ty Burrell) um corretor de imóveis. Mitchell é casado com outro homem Cameron Tucker (Eric Stonestreet) e juntos eles adotam uma bebê vietnamita. O enredo é sobre o dia a dia, as dificuldades e delícias de três famílias americanas.

Por que vale a pena? A série é realmente engraçada e muito aclamada pelos críticos. Sofia Vergara e Ty Burrell estão hilários em seus papéis. Pouco provável que você passe um episódio sem rir.

3. Narcos
Narco-Banner

Sinopse: A série original do Netflix conta a história de Pablo Escobar (Wagner Moura), um traficante colombiano que já foi um dos homens mais ricos do mundo. Pablo deu início a propagação da cocaína nos Estados Unidos e na Europa com seu famoso Cartel de Medellín. A série é narrada por um dos agentes do DEA no comando da missão para capturar e matar Pablo.

Por que vale a pena? É uma história verídica e muito interessante. É bacana e ao mesmo tempo inacreditável ver como as coisas funcionavam na Colombia naquela época e como o tráfico influencia a vida de tantas pessoas. Wagner tem uma atuação sensacional, apesar de seu espanhol um pouco forçado.

4. How I Met Your Mother
himym

Sinopse: A série gira em torno do romântico Ted Mosby (Josh Radnor), que narra a seus filhos a história de como conheceu a mãe deles. Com seus peculiares amigos Marshall Eriksen (Jason Segel) um gigante apaixonado por sua namorada Lily (Alyson Hannigan), a linda e desapegada repórter canadense Robin Scherbatsky (Cobie Smulders) e o mulherengo Barney Stinson (Neil Patrick Harris). Durante 9 temporadas Ted conta tudo o que viveu por 9 anos antes de conhecer sua futura esposa.

Por que vale a pena? Apesar de negarem até o fim, a série tem muito de Friends. O humor é bom, não é nem um pouco apelativo e criou alguns famosos bordões. Neil Patrick e Jason Segel ficaram famosos após o início da série.

5. Dexter
michael-c-hall-dexter-showtime

Sinopse: A trama narra a história de Dexter Morgan (Michael C. Hall), um assassino em série que trabalha de forma diferente. Analista Forense especialista em padrões de dispersão de sangue em um departamento de polícia americano, Dexter mata meticulosamente e sem deixar pistas criminosos que a justiça não consegue prender. Apesar de ser uma série um pouco antiga (2006), ainda é considerada uma das melhores do gênero.

Por que vale a pena? É uma história nova, você provavelmente nunca assistiu nada com este enredo. Pela primeira vez você torce pelo psicopata e teme que ele seja descoberto. Com 8 temporadas, muita coisa acontece.

6. Friends
Friends

Sinopse: Rachel, Monica, Phoebe, Joey, Chandler e Ross são seis amigos que vivem em Nova York nos anos 90. Rachel é uma riquinha mimada que abandona seu noivo no altar, sem onde morar ela encontra sua amiga de colégio Monica, uma cozinheira mandona com mania de organização. Monica tem um irmão paleontologista, Ross, casado com uma mulher que se revela lésbica. Vizinhos d Monica estão seus dois bons amigos Chandler, um piadista que não quer crescer e Joey, um ator pegador que tem dificuldade em alcançar a fama. Todos são amigos de Phoebe, uma peculiar massagista que cresceu nas ruas.

Por que vale a pena? Por que o Netflix disponibiliza as 10 temporadas, e por ser, sem sombra de dúvidas, a melhor série de comédia de todos os tempos. Você pode assistir quantas vezes quiser cada episódio que provavelmente sempre vai dar risada.

7. Scandal
Scandal

Sinopse: O seriado se passa em Washington e conta a história de como o presidente dos Estados Unidos, Fitzgerald “Fitz” Grant (Tony Goldwyn), foi eleito com a ajuda de Olivia Pope (Kerry Washington). Olivia é uma consultora de mídia e acaba se envolvendo com o presidente, que é casado. Para fugir da situação, cria uma empresa de Gestão de Crises, a Pope & Associates, onde ajuda pessoas com problemas “sérios” a se portarem de maneira correta para a mídia.

Por que vale a pena? É uma série viciante também. O foco da série aparenta ser política, mas é a vida de Olivia Pope. A série é de Shonda Rhymes, criadora de Grey´s Anathomy, muito conhecida por suas boas séries.

8. House Of Cards
house of cards

Sinopse: Francis Underwood (Kevin Spacey), é um homem sedento por poder e faz tudo o que for preciso para alcançá-lo. Com ajuda de sua esposa Claire (Robin Wright), ele pretende passar de Corregedor da Câmara dos Deputados dos Estados Unidos para presidente dos Estados Unidos, custe o que custar.

Por que vale a pena? É série do momento. Traz muitas coisas parecidas com o momento atual que vivemos no Brasil e mostra toda a podridão da política e tudo que um ser humano é capaz de fazer para atingir o poder.

9. American Horror Story
American Horror Story

Sinopse: É uma série com 5 temporadas, cada uma tem uma história diferente, mas todas são terror-drama. Muitos atores fazem todas as temporadas e vivem personagens diferentes, dependendo do enredo.
A primeira temporada, American Horror Story: Murder House, ocorre nos dias atuais e conta a história da família Harmon, que se muda para uma mansão restaurada, sem saber que a casa é assombrada pelos seus antigos habitantes.
A segunda temporada, American Horror Story: Asylum, ocorre em 1964 e conta as histórias dos pacientes, médicos e freiras que ocupam uma sanatório para criminosos.
A terceira temporada, American Horror Story: Coven, se passa em Nova Orleans, e exibe os acontecimentos num clã de bruxas originadas de Salém e do vodu.
A quarta temporada, American Horror Story: Freak Show fala de um circo de aberrações dos anos 50.
A quinta temporada, American Horror Story: Hotel, se passa em um hotel macabro e estreou no final de 2015.

Por que vale a pena? Você realmente passa medo. Tem algumas coisas bem trash, mas no geral é mórbida e assutadora. Apesar de ser totalmente fantasiosa, trata de acontecimentos cotidianos, é bem interessante.

10. Breaking Bad
Breaking Bad

Sinopse: A série fala da vida do químico Walter White (Bryan Cranston), um homem extremamente bom no que faz mas é frustrado por dar aulas de química para adolescentes do ensino médio. Walter tem um filho com paralisia cerebral, sua mulher está grávida e possui muitas dívidas, até que descobre que tem um câncer no pulmão. Com medo de morrer e deixar a família com problemas, decide começar a produzir metanfetamina com a ajuda de um ex-aluno que já vive no mundo do tráfico.

Por que vale a pena? Há quem diga que é a melhor série de todos os tempos. Eu confesso que não assisti inteira, mas quem assistiu, recomenda.

Se alguém tiver dicas de outras séries são sempre bem vindas 😉

Beijos
Thábata

 

maxresdefault

Se você acompanha o blog a algum tempo, sabe que se tem uma coisa que eu gosto de falar é sobre séries e filmes, e que as vezes eu fico romântica e venho com alguns assuntos bem “menininha”.
A um tempo atrás eu fiz um post com os melhores beijos do cinema, trazendo as cenas mais lindas e memoráveis do cinema com beijos, se quiser ver clique AQUI.
Hoje resolvi fazer o mesmo, mas com cenas dos seriados americanos, vamos ver:

10. New Girl | Nick & Jess

9. Girlmore Girls | Rory & Dean

8. Dawson´s Creek | Pacey & Joey

7. Lost | Kate & Sawyer

6. Grey´s Anathomy | Meredith & Derek

5. Sex in the City | Carrie & Big


4. The O.C. | Summer & Seth

3. Scandal | Olivia & Fitz

2. Friends | Rachel & Ross

1.The Office | Pam & Jim (meu casal favorito de todos os seriados<3)

Espero que tenham gostado!

Beijos

Thábata

 

9
set

The Office

 

Voltando ao meu maior vício, as séries de TV. Depois de ouvir em alguns lugares sobre The Office, resolvi dar uma chance. Sempre tive muito receio da série, apesar das ótimas críticas, pois o protagonista é um personagem do Steve Carell – um ator que me cansa e que não vejo nada de diferente em seus personagens. O que posso dizer, sem querer desanimar, é que se você não gosta do ator, vai gostar muito menos depois de ver a série. O ator deixa a série no final da sétima temporada.

Lançada em 2005, a série mostra o dia a dia de uma filial de uma empresa de venda de papel Dunder Mifflin Paper Company. Em formato de documentário, os personagens sabem que estão sendo filmados o tempo todo e conversam com a câmera – este é o ponto mais bacana da série. Liderados por um chefe sem noção Michael Scott (Steve Carell), eles lidam com coisas do cotidiano de maneira sem noção. A série é engraçada e diferente, vale assistir.

O elenco é bom, muitos atores tiveram a série como seu lançamento. Gosto muito do John Krasinski de Simplesmente Complicado (Nancy Meyers, 2009), Ed Helms de Se Beber Não Case (Todd Phillips, 2009), Mindy Kaling de The Mindy Project e Jenna Fischer de Passe Livre (Peter e Bobby Farrelly 2011). Com 9 temporadas, todas passadas dentro de um escritório, a série melhora muito com o tempo. É engraçada, leve e um pouco sem noção. Terminou em 2013 e infelizmente não tem todos os seus episódios disponíveis nem no Netflix e nem no Popcorn Time. O ideal é assistir Online aqui.

Beijos

Thábata

Tags: , , , ,
Categoria:New, Old
Comentário:0

24
mar

Scandal

 

Procurando séries para assistir nos finais de dia que não tenho muito o que fazer, sempre passava no Netflix por cima de Scandal, olhava pra minha mãe e comentava; “Todo mundo fala que é boa mas não sei não”, e acabávamos assistindo outra coisa. Algumas semanas atrás resolvemos dar uma chance. Adquiri um novo vício.

Scandal foi lançada nos Estados Unidos em 2012 e foi criada por ninguém mais ninguém menos do que Shonda Rhimes – a mesma moça nada sensacional que fez Grey’s Anatomy, Private Practice e outros filmes por ai.

A série conta a história do escritório de gestão de crises Pope and Associates, comandado pela ex-funcionária da Casa Branca Olivia Pope (Kerry Washington). Olivia auxilia pessoas poderosas de Washington resolvendo seus casos de maneira sigilosa, fazendo de tudo para que estas pessoas fiquem fora do alcance da mídia, antes que seus problemas virem escândalos dos tablóides. Por mais que tente, Pope não consegue se desligar profissionalmente e emocionalmente da Casa Branca e do seu relacionamento com o Presidente.

Algumas curiosidades sobre a série:

Foi o primeiro programa com uma protagonista negra a passar no horário nobre nos Estados Unidos.

A personagem principal foi inspirada na ex-assessora de imprensa de George W. Bush, Judy Smith, que é uma das co-produtoras executivas da série.

Apesar de fazer um enorme sucesso e já estar e sua quarta temporada, a criadora Shonda Rhimes já confirmou que a série não terá mais do que 8 temporadas.

Jeff Perry, que interpreta Cyrus Beene, também interpretou o pai de Meredith Grey em Grey’s Anatomy.

Achei a série realmente muito boa, ela é bem escrita e os personagens são bem misteriosos. Kerry Washington é muito carismática e mesmo quando faz qualquer besteira você ainda quer ser a(o) melhor amiga(o) dela. É o tipo de show que você ama um personagem em um episódio, no próximo o odeia, e no próximo o ama novamente pois as coisas são muito imprevisíveis. Recomendo.

Beijos

Thábata

Tags: , ,
Categoria:New
Comentário:0

 

Faz um tempo que não posto dicas de seriados no blog, e domingo fui almoçar com a grande família da minha mãe a uma das minhas primas comentou: Tata to adorando a dica que vi no seu blog sobre o The Mindy Project! E eu pensei, credo nunca escrevi sobre isso, mas se ela acha que leu no meu blog, com certeza é minha cara. Resolvi pesquisar, baixei os primeiros episódios, e em duas noites assisti a primeira temporada inteira.

The Mindy Project é sobre uma ginecologista e obstetra chamada Mindy, com 32 anos, solteira, baladeira, acima do peso, desesperada por encontrar o homem da sua vida mas que faz tudo totalmente errado. Ela trabalha em um consultório com dois outros ginecologistas homens e alguns assistentes bem estranhos e divertidos que vivem fazendo de tudo pra ajudá-la. A série é uma comédia romântica divertida e bem bolada que me lembra muito New Girl (coraçãozinho) com foco na vida de uma mulher perdida, mas que se diverte com seus erros e que nos faz pensar em como nunca nada esta perdido, por mais que você tenha certeza disso.

Já na terceira temporada, a série é escrita, interpretada e produzida pela atriz Mindy Kaling – ela ficou famosa nos Estados Unidos pelo papel de Kelly Kapoor em The Office. A série passa nos Estados Unidos todas as terças-feiras na FOX, mas como você provavelmente é brasileiro pois está lendo isto em português você pode baixar os episódios desde a primeira temporada AQUI ou AQUI.

Beijos

Thábata

 

Dia 06/05/14 fez 10 anos que passou o último episódio de F.R.I.E.N.D.S., e desde então eles repassam todas as temporadas na televisão diariamente. Acho que isto é uma boa prova do quanto este seriado foi e ainda é adorado por muitas pessoas. E depois de 10 anos revendo todas as temporadas sou uma super fã de cada personagem, de cada episódio e principalmente de cada lição – útil ou não – que esta série me ensinou.

Algumas das coisas que aprendemos com F.R.I.E.N.D.S.:

– Uma boa maneira de paquerar.

– A falar francês.

nx3bVEQ

– Não existem problemas que um bom vestido de noiva não resolva.

– Quando der um tempo em seus relacionamentos, deixe bem claro isto para o seu namorado(a).

– Não seja mau com as pessoas, elas podem crescer, emagrecer e um dia se tornar o Brad Pitt.

– Nunca durma na praia, você vai ser zoado.

37 lições de vida que “Friends” nos ensinou

– Não pegue comida do prato dos outros. (Concordo em gênero e grau!)

– Decore bem o nome da pessoa com quem você vai se casar.

37 lições de vida que “Friends” nos ensinou

– O quão importante é ter “Unagi”. Ou não.

37 lições de vida que “Friends” nos ensinou

– Não ligue para o que os outros pensam de você.

37 lições de vida que “Friends” nos ensinou

37 lições de vida que “Friends” nos ensinou

– Não irrite uma mulher grávida.

– Ame seu corpo.

– Aquela pessoa pode ser sua(seu) “lobster”.

 

– Tome cuidado com contagens.

– Principalmente se elas forem em minutos e não dias…

37 lições de vida que “Friends” nos ensinou

– Tome muito cuidado quando for seduzir alguém com uma faca. O mindinho dos outros pode ser muito importante para eles.

37 lições de vida que “Friends” nos ensinou

– Não tenha arrependimentos.

– Não deixe seus alimentos em geladeiras compartilhadas.

37 lições de vida que “Friends” nos ensinou

– “Va Fa Napoli” é uma boa maneira de espressar seus sentimentos. “Asel” também.

– Feche a cortina para fazer sexo com a irmã do seu melhor amigo.

– Tudo o que você precisa saber sobre sexo é: 1, 2, 1-2-3,  3,  5,  4,  3-2, 2,  2-4-6, 2-4-6, 4, 2, 2, 4-7, 5-7, 6-7, 7… 7… 7… 7 7 7 7 7 7… seven.

– Papai Noel não existe.

0 1 2

– Cuidado com o que você ensina aos seus filhos.

Ross-Rachel (1)

– Seus amigos são a melhor coisa do mundo.

 

Beijos

Thábata