Tag para ‘Seriados’

1480519916_862963_1480520854_noticia_normal

Confesso que a algum tempo não acho uma série que me prenda e vicie como algumas fizeram, Homeland, Scandal, etc. Alguns dos lançamentos novos, ou que eu descobri recentemente, me chamaram a atenção e eu realmente recomendo.

Outra novidade, o Netflix agora disponibiliza para você assistir Offline seu conteúdo. Basta fazer download do aplicativo, baixar os episódios/filmes que eles ficam salvos e podem ser assistidos mesmo sem internet, acho sensacional.

 

1.American Crime Story: The People vs O. J. Simpson

960

O julgamento de O.J. Simpson. Ex-jogador de Futebol Americano, Orenthal James foi acusado em 1994 de assassinar a esposa, Nicole Brown, e o amigo Ronald Goldman. Contado através da perspectiva dos advogados que conduziram o caso, a série explorara os acordos feitos de maneira informal e as manobras políticas conduzidas por ambos os lados envolvidos.

Em dez episódios, a série retrata o julgamento de OJ, que foi um evento televisionado e alvo de inúmeras repercussões; o drama traz no elenco Cuba Gooding Jr. como OJ, John Travolta, David Schwimmer e Courtney B. Vance como o Dream Team de advogados do ex-jogador. No time de acusação estão Sarah Paulson como Marcia Clark e Sterling K. Brown vivendo o assistente Christopher Darden.

 

2.Sherlock

Sherlock-Temporada-4

A série possui suas três temporadas completas na Netflix. O drama policial é baseado nas histórias de Sherlock Holmes. A readaptação dos misteriosos contos de Arthur Conan Doyle, acontece nos dias modernos, onde o famoso detetive anda pelas ruas de Londres em busca de pistas para solucionar diversos crimes.

Holmes é conhecido por sua excentricidade e uma personalidade difícil de se conviver. Contudo, ele também é mestre em descobrir aspectos da vida das pessoas apenas por observar e fazer deduções. A série teve indicação para 17 Emmys e Globo de Ouro, tendo ganho em várias categorias. Desde 2001, a sua terceira temporada se tornou a série de drama mais vista no Reino Unido.

 

3.Black Mirror

220659

Para quem gosta de ficção científica, esta série que possui suas três temporadas e mais um episódio extra na Netflix, é uma boa pedida. O seriado reflete o outro lado das telas e da tecnologia, o sombrio, nos fazendo repensar o modo como consumimos tecnologia e como nos comportamos quando estamos atrás de uma tela, seja da TV, do computador ou do celular.

O diferencial deste seriado é que a cada episódio há um elenco diferente, um set diferente, novas histórias, além de realidades distintas. Mas todos retratam nossa inquietação contemporânea em relação ao mundo moderno e o vício pela tecnologia.

Cada episódio é um pequeno conto que problematiza a nossa dependência por tecnologia e as consequências que isso pode trazer, porém, de uma forma um tanto quanto apocalyptica. O criador do programa, Charlie Brooker, explicou ao The Guardian que o “espelho negro” do título é o que você vai encontrar em todas as paredes, em todas as mesas, na palma de toda a mão: a fria e brilhante tela de uma TV, um monitor, um smartphone.

 

4. Stranger Things

stranger-things-1-1200x605

Stranger Things estreou na Netflix em julho de 2016 e rapidamente se tornou uma das séries mais queridas entre os assinantes do serviço. No total, são oito episódios com, em média, 50 minutos de duração. E a segunda temporada já está confirmada para ser lançada na plataforma até fim deste ano.

O seriado se passa nos anos 80 e faz um mix com elementos de ficção científica, aventura e terror. Um dos fatores apontados como o segredo para o seu grande sucesso é a grande quantidade de referências aos clássicos do cinema e literatura dos anos 80, o que levou os fãs deste tipo de produção ao delírio. Em resumo, a história é sobre um menino que desaparece misteriosamente e a cidade inteira se envolve em suas buscas. Porém, o que eles encontram está repleto de segredos, seres fantasiosos e mistério.

 

5. The Crown

thecrownnetflix

Esta série original Netflix foi lançada no final de 2016 e acompanha a vida política, as rivalidades e relacionamentos da rainha Elizabeth II. Filha do rei George VI, Elizabeth assumiu a coroa inglesa aos 25 anos, após a morte de seu pai. Porém, junto com grandes compromissos, vêm grandes responsabilidades, e Elizabeth precisará aprender a como lidar com todas as mudanças que ocorrerão em sua vida.

Nesta primeira temporada disponível na Netflix, os telespectadores podem acompanhar os primeiros anos do reinado da atual monarca britânica. A primeira temporada de The Crown possui 10 episódios, com cerca de uma hora de duração cada. Uma segunda temporada já foi confirmada pela Netflix. Uma curiosidade sobre o seriado é que ele ficou conhecido como o mais caro da Netflix, custando aos cofres do serviço de streaming um investimento de US$ 100 milhões.

 

6. Freaks and Geeks

freaks_and_geeks_rect-1-1

A série tem apenas uma temporada, que está completa na Netflix, com 18 episódios. A trama gira em torno da adolescente Lindsay Weir e seu irmão Sam. Ao perder a vó, Lindsay fica extremamente abalada, o que gera uma mudança em seu comportamento, com a perda de alguns hábitos e o ganho de outros. Ela faz novos amigos, só que estes são politicamente incorretos e problemáticos.

Esta nova fase na vida de Lindsay balança sua relação com seus pais, trazendo diversos conflitos no seio familiar. De forma paralela a isso, a série ainda mostra o percurso de Sam e seus amigos Geeks, enquanto eles tentam se encaixar em um novo universo social.

O seriado é bem antigo, mas quem sabe isso faça dele mais especial, é possível ver atores famosos da atualidade no começo da carreira  como James Franco, Seth Rogen, Jason Segel, Linda Cardellini e Ben Foster.

 

Sabem mais alguma para me indicar?

Beijos

Thábata

Informações das séries: Oficina da Net

capa

Amantes dos finais de semana, aqueles perfeitos para ficar no sofá em baixo das cobertas assistindo seriados, este post é para você. Eu tenho um vício, admito, e ele se chama cinema. Nunca fui fã de novelas e programas de auditório, mas desde que descobri o Netflix e sei que posso assistir os capítulos de um seriado quando eu quero, os seriados entraram para esta lista.

Listei 10 seriados excelentes, de vários estilos, que estão disponíveis no Netflix. Alguns possuem todas as temporadas, outros que ainda estão no ar tem as penúltimas.
Prepare a pipoca, a calça confortável e o cobertor.

1. Homeland

Mandy Patinkin as Saul Berenson, Claire Danes as Carrie Mathison, Rupert Friend as Peter Quinn and Damian Lewis as NIcholas "Nick" Brody in Homeland (Season 3, Gallery). - Photo: Frank Ockenfels 3/SHOWTIME - Photo ID: HOMELAND_S3_FlagRoomGroup.R

Sinopse: A série é sobre a CIA. Carrie Mathison (Claire Danes) que é uma agente de operações especiais da companhia, acredita que um fuzileiro resgatado da Al-Qaeda passou para o lado inimigo e representa uma grande ameaça para a segurança nacional dos Estados Unidos.

Por que vale a pena? Esta é uma série que confesso que relutei para começar a assistir, mas ela é realmente muito boa, os personagens são bem desenvolvidos e quando você acha que não tem mais o que ser inventado no enredo para melhorar, isso acontece.

2. Modern Family
modern family

Sinopse: O seriado segue três família diferentes, a de Jay Pritchett (Ed O´Neill), de sua filha mais velha Claire Dunphy (Julie Bowen) e de seu filho Mitchell Pritchett (Jesse Tyler Ferguson). Jay é um empresário de sucesso com uma certa idade e casado com uma linda e escultural colombiana Gloria (Sofia Vergara). Claire é uma mãe de três filhos pré-adolescentes e dona de casa, casada com Phil Dunphy (Ty Burrell) um corretor de imóveis. Mitchell é casado com outro homem Cameron Tucker (Eric Stonestreet) e juntos eles adotam uma bebê vietnamita. O enredo é sobre o dia a dia, as dificuldades e delícias de três famílias americanas.

Por que vale a pena? A série é realmente engraçada e muito aclamada pelos críticos. Sofia Vergara e Ty Burrell estão hilários em seus papéis. Pouco provável que você passe um episódio sem rir.

3. Narcos
Narco-Banner

Sinopse: A série original do Netflix conta a história de Pablo Escobar (Wagner Moura), um traficante colombiano que já foi um dos homens mais ricos do mundo. Pablo deu início a propagação da cocaína nos Estados Unidos e na Europa com seu famoso Cartel de Medellín. A série é narrada por um dos agentes do DEA no comando da missão para capturar e matar Pablo.

Por que vale a pena? É uma história verídica e muito interessante. É bacana e ao mesmo tempo inacreditável ver como as coisas funcionavam na Colombia naquela época e como o tráfico influencia a vida de tantas pessoas. Wagner tem uma atuação sensacional, apesar de seu espanhol um pouco forçado.

4. How I Met Your Mother
himym

Sinopse: A série gira em torno do romântico Ted Mosby (Josh Radnor), que narra a seus filhos a história de como conheceu a mãe deles. Com seus peculiares amigos Marshall Eriksen (Jason Segel) um gigante apaixonado por sua namorada Lily (Alyson Hannigan), a linda e desapegada repórter canadense Robin Scherbatsky (Cobie Smulders) e o mulherengo Barney Stinson (Neil Patrick Harris). Durante 9 temporadas Ted conta tudo o que viveu por 9 anos antes de conhecer sua futura esposa.

Por que vale a pena? Apesar de negarem até o fim, a série tem muito de Friends. O humor é bom, não é nem um pouco apelativo e criou alguns famosos bordões. Neil Patrick e Jason Segel ficaram famosos após o início da série.

5. Dexter
michael-c-hall-dexter-showtime

Sinopse: A trama narra a história de Dexter Morgan (Michael C. Hall), um assassino em série que trabalha de forma diferente. Analista Forense especialista em padrões de dispersão de sangue em um departamento de polícia americano, Dexter mata meticulosamente e sem deixar pistas criminosos que a justiça não consegue prender. Apesar de ser uma série um pouco antiga (2006), ainda é considerada uma das melhores do gênero.

Por que vale a pena? É uma história nova, você provavelmente nunca assistiu nada com este enredo. Pela primeira vez você torce pelo psicopata e teme que ele seja descoberto. Com 8 temporadas, muita coisa acontece.

6. Friends
Friends

Sinopse: Rachel, Monica, Phoebe, Joey, Chandler e Ross são seis amigos que vivem em Nova York nos anos 90. Rachel é uma riquinha mimada que abandona seu noivo no altar, sem onde morar ela encontra sua amiga de colégio Monica, uma cozinheira mandona com mania de organização. Monica tem um irmão paleontologista, Ross, casado com uma mulher que se revela lésbica. Vizinhos d Monica estão seus dois bons amigos Chandler, um piadista que não quer crescer e Joey, um ator pegador que tem dificuldade em alcançar a fama. Todos são amigos de Phoebe, uma peculiar massagista que cresceu nas ruas.

Por que vale a pena? Por que o Netflix disponibiliza as 10 temporadas, e por ser, sem sombra de dúvidas, a melhor série de comédia de todos os tempos. Você pode assistir quantas vezes quiser cada episódio que provavelmente sempre vai dar risada.

7. Scandal
Scandal

Sinopse: O seriado se passa em Washington e conta a história de como o presidente dos Estados Unidos, Fitzgerald “Fitz” Grant (Tony Goldwyn), foi eleito com a ajuda de Olivia Pope (Kerry Washington). Olivia é uma consultora de mídia e acaba se envolvendo com o presidente, que é casado. Para fugir da situação, cria uma empresa de Gestão de Crises, a Pope & Associates, onde ajuda pessoas com problemas “sérios” a se portarem de maneira correta para a mídia.

Por que vale a pena? É uma série viciante também. O foco da série aparenta ser política, mas é a vida de Olivia Pope. A série é de Shonda Rhymes, criadora de Grey´s Anathomy, muito conhecida por suas boas séries.

8. House Of Cards
house of cards

Sinopse: Francis Underwood (Kevin Spacey), é um homem sedento por poder e faz tudo o que for preciso para alcançá-lo. Com ajuda de sua esposa Claire (Robin Wright), ele pretende passar de Corregedor da Câmara dos Deputados dos Estados Unidos para presidente dos Estados Unidos, custe o que custar.

Por que vale a pena? É série do momento. Traz muitas coisas parecidas com o momento atual que vivemos no Brasil e mostra toda a podridão da política e tudo que um ser humano é capaz de fazer para atingir o poder.

9. American Horror Story
American Horror Story

Sinopse: É uma série com 5 temporadas, cada uma tem uma história diferente, mas todas são terror-drama. Muitos atores fazem todas as temporadas e vivem personagens diferentes, dependendo do enredo.
A primeira temporada, American Horror Story: Murder House, ocorre nos dias atuais e conta a história da família Harmon, que se muda para uma mansão restaurada, sem saber que a casa é assombrada pelos seus antigos habitantes.
A segunda temporada, American Horror Story: Asylum, ocorre em 1964 e conta as histórias dos pacientes, médicos e freiras que ocupam uma sanatório para criminosos.
A terceira temporada, American Horror Story: Coven, se passa em Nova Orleans, e exibe os acontecimentos num clã de bruxas originadas de Salém e do vodu.
A quarta temporada, American Horror Story: Freak Show fala de um circo de aberrações dos anos 50.
A quinta temporada, American Horror Story: Hotel, se passa em um hotel macabro e estreou no final de 2015.

Por que vale a pena? Você realmente passa medo. Tem algumas coisas bem trash, mas no geral é mórbida e assutadora. Apesar de ser totalmente fantasiosa, trata de acontecimentos cotidianos, é bem interessante.

10. Breaking Bad
Breaking Bad

Sinopse: A série fala da vida do químico Walter White (Bryan Cranston), um homem extremamente bom no que faz mas é frustrado por dar aulas de química para adolescentes do ensino médio. Walter tem um filho com paralisia cerebral, sua mulher está grávida e possui muitas dívidas, até que descobre que tem um câncer no pulmão. Com medo de morrer e deixar a família com problemas, decide começar a produzir metanfetamina com a ajuda de um ex-aluno que já vive no mundo do tráfico.

Por que vale a pena? Há quem diga que é a melhor série de todos os tempos. Eu confesso que não assisti inteira, mas quem assistiu, recomenda.

Se alguém tiver dicas de outras séries são sempre bem vindas 😉

Beijos
Thábata

9
set

The Office

 

Voltando ao meu maior vício, as séries de TV. Depois de ouvir em alguns lugares sobre The Office, resolvi dar uma chance. Sempre tive muito receio da série, apesar das ótimas críticas, pois o protagonista é um personagem do Steve Carell – um ator que me cansa e que não vejo nada de diferente em seus personagens. O que posso dizer, sem querer desanimar, é que se você não gosta do ator, vai gostar muito menos depois de ver a série. O ator deixa a série no final da sétima temporada.

Lançada em 2005, a série mostra o dia a dia de uma filial de uma empresa de venda de papel Dunder Mifflin Paper Company. Em formato de documentário, os personagens sabem que estão sendo filmados o tempo todo e conversam com a câmera – este é o ponto mais bacana da série. Liderados por um chefe sem noção Michael Scott (Steve Carell), eles lidam com coisas do cotidiano de maneira sem noção. A série é engraçada e diferente, vale assistir.

O elenco é bom, muitos atores tiveram a série como seu lançamento. Gosto muito do John Krasinski de Simplesmente Complicado (Nancy Meyers, 2009), Ed Helms de Se Beber Não Case (Todd Phillips, 2009), Mindy Kaling de The Mindy Project e Jenna Fischer de Passe Livre (Peter e Bobby Farrelly 2011). Com 9 temporadas, todas passadas dentro de um escritório, a série melhora muito com o tempo. É engraçada, leve e um pouco sem noção. Terminou em 2013 e infelizmente não tem todos os seus episódios disponíveis nem no Netflix e nem no Popcorn Time. O ideal é assistir Online aqui.

Beijos

Thábata

Tags: , , , ,
Categoria:New, Old
Comentário:0

 

Faz um tempo que não posto dicas de seriados no blog, e domingo fui almoçar com a grande família da minha mãe a uma das minhas primas comentou: Tata to adorando a dica que vi no seu blog sobre o The Mindy Project! E eu pensei, credo nunca escrevi sobre isso, mas se ela acha que leu no meu blog, com certeza é minha cara. Resolvi pesquisar, baixei os primeiros episódios, e em duas noites assisti a primeira temporada inteira.

The Mindy Project é sobre uma ginecologista e obstetra chamada Mindy, com 32 anos, solteira, baladeira, acima do peso, desesperada por encontrar o homem da sua vida mas que faz tudo totalmente errado. Ela trabalha em um consultório com dois outros ginecologistas homens e alguns assistentes bem estranhos e divertidos que vivem fazendo de tudo pra ajudá-la. A série é uma comédia romântica divertida e bem bolada que me lembra muito New Girl (coraçãozinho) com foco na vida de uma mulher perdida, mas que se diverte com seus erros e que nos faz pensar em como nunca nada esta perdido, por mais que você tenha certeza disso.

Já na terceira temporada, a série é escrita, interpretada e produzida pela atriz Mindy Kaling – ela ficou famosa nos Estados Unidos pelo papel de Kelly Kapoor em The Office. A série passa nos Estados Unidos todas as terças-feiras na FOX, mas como você provavelmente é brasileiro pois está lendo isto em português você pode baixar os episódios desde a primeira temporada AQUI ou AQUI.

Beijos

Thábata

 

Dia 06/05/14 fez 10 anos que passou o último episódio de F.R.I.E.N.D.S., e desde então eles repassam todas as temporadas na televisão diariamente. Acho que isto é uma boa prova do quanto este seriado foi e ainda é adorado por muitas pessoas. E depois de 10 anos revendo todas as temporadas sou uma super fã de cada personagem, de cada episódio e principalmente de cada lição – útil ou não – que esta série me ensinou.

Algumas das coisas que aprendemos com F.R.I.E.N.D.S.:

– Uma boa maneira de paquerar.

– A falar francês.

nx3bVEQ

– Não existem problemas que um bom vestido de noiva não resolva.

– Quando der um tempo em seus relacionamentos, deixe bem claro isto para o seu namorado(a).

– Não seja mau com as pessoas, elas podem crescer, emagrecer e um dia se tornar o Brad Pitt.

– Nunca durma na praia, você vai ser zoado.

37 lições de vida que “Friends” nos ensinou

– Não pegue comida do prato dos outros. (Concordo em gênero e grau!)

– Decore bem o nome da pessoa com quem você vai se casar.

37 lições de vida que “Friends” nos ensinou

– O quão importante é ter “Unagi”. Ou não.

37 lições de vida que “Friends” nos ensinou

– Não ligue para o que os outros pensam de você.

37 lições de vida que “Friends” nos ensinou

37 lições de vida que “Friends” nos ensinou

– Não irrite uma mulher grávida.

– Ame seu corpo.

– Aquela pessoa pode ser sua(seu) “lobster”.

 

– Tome cuidado com contagens.

– Principalmente se elas forem em minutos e não dias…

37 lições de vida que “Friends” nos ensinou

– Tome muito cuidado quando for seduzir alguém com uma faca. O mindinho dos outros pode ser muito importante para eles.

37 lições de vida que “Friends” nos ensinou

– Não tenha arrependimentos.

– Não deixe seus alimentos em geladeiras compartilhadas.

37 lições de vida que “Friends” nos ensinou

– “Va Fa Napoli” é uma boa maneira de espressar seus sentimentos. “Asel” também.

– Feche a cortina para fazer sexo com a irmã do seu melhor amigo.

– Tudo o que você precisa saber sobre sexo é: 1, 2, 1-2-3,  3,  5,  4,  3-2, 2,  2-4-6, 2-4-6, 4, 2, 2, 4-7, 5-7, 6-7, 7… 7… 7… 7 7 7 7 7 7… seven.

– Papai Noel não existe.

0 1 2

– Cuidado com o que você ensina aos seus filhos.

Ross-Rachel (1)

– Seus amigos são a melhor coisa do mundo.

 

Beijos

Thábata

 

 

Com a nova temporada do aclamado seriado Game of Thrones saindo do forno, resolvi pesquisar um pouco mais sobre ele e encontrei algumas curiosidades bem legais. Como são muitos personagens, achei que seria uma boa ideia colocar foto de todas as curiosidades.

Para quem não conhece o seriado, eu fiz um post contando sobre ele AQUI .

 

– A atriz que interpreta Sansa Stark (Sophie Turner) adotou o cachorro que ela ganha na primeira temporada.

– O ator que interpreta o cego Maester Aemon, é realmente cego na vida real.

– Em 2012 mais de 150 bebês receberam o nome de Khaleesi.

– O coração de cavalo que Daenerys come por Khol Drogo era feito de yummy.

– O episódio piloto da série nunca foi ao ar.

– Oona Chaplin, a atriz que interpreta a esposa de Robert Stark é neta de Charlie Chaplin.

– E Alfie Allen, que interpreta Theon Greyjoy, é irmão da cantora Lily Allen.

– Assim que o primeiro episódio da série foi ao ar, o autor George R.R. Martin enviou uma carta para Jack Gleeson, o Joffrey, dizendo “Parabéns, todos te odeiam”.

– Peter Dinklage, o Tyrion Lannister, é vegetariano. Toda a carne que ele come em cena é de mentira.

– Os produtores do seriado pediram aos atores para não ler os livros por medo de prejudicar a atuação deles caso eles saibam o que acontece com seus personagens no futuro.

– O ator que interpreta Jojen Reed de 13 anos, tem na verdade 23.

– É o primeiro papel da vida de Maisie Williams, que interpreta Arya – e eu acho ela sensacional!

– O idioma Dothraki foi criado somente para o seriado, e contém mais de 3 mil palavras.

– Emilia Clarke, que interpreta a linda Daenerys é naturalmente morena, e ela usa uma peruca no seriado.

 

– George R.R. Martin revelou o final da série de livros ao produtor do seriado D.B. Weiss caso ele morra antes de terminá-los.

 

Beijos

Thábata

 

 

Para quem não conhece a série ela se trata de dois amigos físicos e muito inteligentes Sheldon Cooper e Leonard Hofstadter, que dividem um apartamento e trabalham no mesmo local com seus outros dois amigos Howard Wolowitz e Rajesh Koothrappali. Apesar de serem nerds e intelectuais tem um bom relacionamento com sua vizinha da frente, Penny, uma bela aspirante a atriz que trabalha como garçonete. Durante os episódios as diferentes personalidades dos 5 amigos entram em conflitos interessantes e engraçados. O destaque da série é Sheldon Cooper, interpretado por Jim Parsons.

A série tem um sucesso enorme tanto no Brasil quanto em vários outros países e já foi muito premiada, está em sua sétima temporada. Vamos ver algumas curiosidades sobre o sitcom americano:

– O emprego de Penny como garçonete não era planejado, porém, a atriz quebrou a perna durante as gravações e foi uma maneira de esconde-las atrás do balcão para as filmagens.

– Como você ja deve ter percebido, Penny nunca teve seu sobrenome citado.

– O problema de Raj em falar com mulheres – por mais estranho que pareça – foi inspirado em um amigo do produtor da série.

– Na segunda temporada Leonard comenta em um dos episódios que tem um irmão e uma irmã, e que ambos são mais bem sucedidos do que ele em suas carreiras.

– Amy Farrah Fowler (“namorada” de Sheldon) é a única nerds na vida real. A atriz na vida real tem doutorado em neuro-ciência.

– Kaley Cuoco (Penny) e Jim Parsons (Sheldon) são grandes amigos na vida real.

– Bernadette (esposa de Howard) é judia na vida real.

– Jim Parsons (Sheldon) nunca havia assistido Star Trek antes de ganhar o papel na série.

– Penny e Leonard namoraram na vida real, porém o romance acabou.

– No segundo episódio da série Howard comenta que é alérgico a amendoim e Sheldon a abelhas. Isto também é verdade na vida real.

– As camisetas de personagens de quadrinhos utilizadas por Sheldon são representações de seu humor. Por exemplo, quando esta com uma camiseta verde o personagem tem atitudes corajosas, quando esta com uma camiseta vermelha esta com raiva.

– O ator que interpreta Howard é um pianista profissional na vida real.

 

Para quem ainda não acompanha a série ela esta no ar no canal Warner em diversos horários com várias reprises durante o dia.

Beijos

Thábata

 

Faz algum tempo que não faço aqui algum comentário sobre um seriado. Acontece que meu novo vício – sim mais um – se chama Hart of Dixie. Quem assistia The O.C. vai lembrar da fofinha Summer (Rachel Bilson) que tem na série o papel principal, o da Dra. Zoe Hart. Com um toque de drama, mas mais puxado para a comédia o seriado é gostoso de assistir, diria que é uma mistura de Grey’s Anatomy com O.C..

O seriado se passa em Bluebell no Alabama, e conta a história de uma médica que sonhava em ser cirurgiã, mas acaba aceitando um emprego na pequena cidade como clinica geral, ao ser criticada por não saber lidar com pacientes. Na cidade ela descobre que seu verdadeiro pai era o dono de 50% da clínica em que trabalha e que ela tem direito a ser dona de metade do local. Por ser uma cidade pequena se depara com coisas que nunca havia visto antes, e tipos diferentes de pessoas. Entre suas novas amizades estão o ex-jogador de futebol americano e agora prefeito Lavon Hayes (Cress Williams), o bartender e seu vizinho Wade Kinsella (Wilson Bethel), e o advogado querido da cidade George Tucker (Scott Porter). Apesar de ser sociável não é muito aceita na cidade, principalmente por seu sócio na clínica, o também médico Dr. Brick Breeland (Tim Matheson) e sua filha, a perfeita e certinha Lemon Breeland (Jaime King).

Gosto muito da série por ela ser um pouco imprevisível, e podermos ver a diferença entre a vida no interior e em uma grande metrópole, tem boas tiradas e os personagens são únicos, apesar de achar que Rachel não convence muito como médica. Apesar de estar em sua segunda temporada o seriado já passa no Brasil, no canal Glitz.

Beijos

Thábata

 

Que eu adoro seriados americanos não é segredo para ninguém, hoje ao invés de falar das series vou falar dos meus personagens favoritos, alguns são pelo carisma, outros pela atuação, mas estes personagens a seguir são para mim o que há de mais impecável na televisão paga atualmente.

.Tim Gunn (Project Runaway)

O querido conselheiro do reality Project Runaway é muito famoso por ser carinhoso e paciente e entender muito de moda e alta costura. Com quase 60 anos de idade o americano já estudou nas melhores escolas de moda do mundo e conquistou seu espaço na televisão pelo seu carisma.

.Liz Lemon – Tina Fey (30 rock)

Liz Lemon é a personagem da hilária Tina Fey no seriado americano “30 Rock”. Além de ter idealizado e ser roteirista do seriado, ela também tem o papel principal. Fey é famosa por nunca ser séria e conseguir fazer piadas em todos os momentos, independente da ocasião. Na série interpreta a roterista de um show de televisão e sofre o dia a dia de uma emissora não muito promissora.

.Barney Stinson – Neil Patrick Harris (HIMYM)

O mais novo garanhão da televisão é Barney Stinson – apesar de ser assumidamente homossexual na vida real. Em How I Met Your Mother, Barney vive para conquistar todos os tipos de mulheres e faz de tudo para isto. É bem inconveniente e gosta de bordões que se tornaram clássicos como o Bro-Code (Código dos Brothers), e o Legendary! Sempre vestindo um impecável terno é um personagem único, como nunca vi na televisão.

.Gregory House – Hugh Laurie (House)

O pentelho e mal educado médico inspirado em Sherlock Holmes, Dr. House, é de uma seriedade impressionante. Assistindo a série é possível se sentir ameaçada e com raiva do personagem por suas atitudes egoístas. No seriado interpreta o chefe de diagnósticos médicos do fictício Princeton-Plainsboro Teaching Hospital. Apesar de sua frieza é o melhor no que faz, e graças a isso não perde seu emprego. Apesar de sofrer muito por sua dor na perna, não gosta de demonstrar fraquezas e não demonstra amor e carinho por ninguém.

.Tyrion Lannister – Peter Dinklage (Game of Thrones)

Para mim o melhor ator de seriados da atualidade. Sua atuação é impecável e muito carismática. A única pessoa de bom coração da família Lannister, Tyrion é um anão de uma rica e poderosa família, e o único com bom senso. Seu personagem é fantástico pois assume suas fraquezas e é inteligentíssimo, e faz uso disto para ajudar os outro e tentar fazer sua malvada família cair em si. O surpreendente é que este é o seu primeiro papel na televisão.

.Joey Tribianni – Matt LeBlanc (Friends)

Joseph Francis “Joey” Tribbiani é o aspirante a ator de Friends. Apesar de ser um garanhão e conquistar todas as mulheres que quer, não é muito esperto. O grande responsável pela maioria das risadas do melhor seriado de comédia (na minha opinião), é sincero, carinhoso e muito leal a seus amigos.

.Sheldon Cooper – Jim Parsons (The Big Bang Theory)

Muitas pessoas o acham hilário, eu o admiro mais por gostar da sua forma de atuar, ele realmente convence. Sheldon Lee Cooper é um físico assexuado e com transtorno obsessivo compulsivo, não consegue socializar, não entende as emoções do ser humano e acha que tudo tem uma explicação científica. Bazinga é a palavra que mais fala quando encontra uma solução para algo ou consegue “pregar uma peça” em alguém.

.Schmidt – Max Greenfield (New Girl)

Um dos companheiros de apartamento de Jess, o judeu rico e bem apessoado é meu segundo personagem favorito no momento. Com um passado ruim, por ter sido um gordinho que sofreu muito até sua adolescência, é muito rigoroso com sua aparência, só usa roupas de marca, tem um bom carro, um bom trabalho e mais uma vez, quer conquistar todas as mulheres. O que eu mais gosto deste personagem é que apesar de um conquistador ele tem sentimentos e pode ser muito sensível. Fofo.

 

Quais são os favoritos de vocês?

Beijos

Thábata

 

A nova paixão dos amantes da comédia é o seriado americano Modern Family. A comédia que teve sua estréia em 2009 foi a grande ganhadora do Emmy deste ano, com 4 prêmios de melhor comédia, melhor ator, melhor atriz e melhor direção. Fora este ano a série já tem mais outros 10 prêmios. O destaque da série é a hilária colombiana Sofia Vergara.

A trama é bem diferente, conta a história de famílias bem diferentes. Jay Pritchett (Ed O’Neil) é um americano que após se divorciar casa com a belíssima colombiana Gloria Delgado (Sofia Vergara), mãe de Manny Delgado (Rico Rodriguez). Jay tem problemas de adaptar sua família, Gloria tem de lidar com a xenofobia e seu filho é um tanto quanto único e cheio de problemas. Phil Dunphy (Ty Burrell) e Claire são um casal com três filhos que lidam com as situações diárias de uma família normal. Mitchell (Jesse Tyler) é um homossexual casado com Cameron (Eric Stonestreet), que adotaram uma criança vietnamita.

A série fala de acontecimentos normais da vida das famílias, e alguns não tão normais. Estas três famílias vivem juntas, formando uma só graças a Jay e seus dois filhos já adultos Claire e Mitchell. A história é as vezes conturbada e polêmica, mas muito admirada no mundo todo.

A série passa atualmente na FOX nas segundas-feiras. Eu ainda não comecei a assistir, mas meus amigos que assistem garantem, é muito engraçado. É  a minha próxima na lista.

Beijos

Thábata