Textos

Perfeitos Imperfeitos

 

Não sei se ja comentei aqui no blog que antigamente eu tinha outro blog, mas só de textos. Este eu nao divulgava, só desabafava e escrevia sobre  o que queria. Fuçando no meu antigo blog, o Baboseiras da Thábata (clique aqui), encontrei um texto que escrevi que gostei, e peguei emprestado para postar aqui hoje.

 

Perfeitos Imperfeitos

Quem me conhece sabe que eu sou e sempre fui uma romântica incorrigível, e apesar de achar isso um pouco (muito) brega, eu tenho que assumir que sou, e falar de relacionamentos e assuntos do gênero sempre foi “my thing”.


Eu considero os relacionamentos uma coisa engraçada. Tua melhor amiga de anos ou simplesmente um perdido que você nunca viu podem de uma hora pra outra virar o motivo de todos os teus pensamentos, das tuas alegrias e até mesmo dos teus problemas. A verdade é que relacionamentos são complicados, imperfeitos e fascinantes.

Não existe coisa mais absurda do que ouvir de alguém no fim de um relacionamento “Pois é, não deu certo.”. Como não deu certo? Deu certo o tempo em que vocês estiveram juntos, deu certo o tempo que tinha que dar. Nós procuramos a pessoa perfeita a vida inteira, mas a verdade é que se nem nós mesmos conseguimos dar 100% de nós, como cobrar que outra pessoa de 100% dela a você?

Namorados, namoradas, maridos, esposas ou casos, que seja, não estão conosco para nos complementar e sim para nos acrescentar. Cada novo relacionamento é uma experiência que nos ensina muito e nos da à oportunidade de ensinar ao outro também. Mas uma coisa completa, nunca teremos.

Podemos até encontrar a pessoa dos nossos sonhos, mas alguma coisa vai incomodar. Ela pode ser muito gata e gostosa e teus amigos ficarem falando de você pro resto da vida, mas na verdade ela é uma megera que tem chulé, ou ele ser tudo que a sua mãe sempre pediu pra Santo Antônio, mas é arrogante e não gosta de crianças. O importante é sabermos quais são as qualidades que mais valorizamos e os defeitos que serão irrelevantes, e aprender a amar o outro desta maneira. E principalmente, acima de tudo, nos amarmos primeiro.

Se tem uma coisa que aprendi é que amor próprio é o nosso maior bem. Se ele não te quer mais, não force a barra, você quer ficar com alguém que não quer estar com você? Se a pessoa esta com dúvidas, dê espaço para ela te procurar quando quiser, pode ser que ela descubra que você é a pessoa a tempo de te ter de volta, ou pode ser tarde de mais.

O legal dos relacionamentos é o fato de eles não serem perfeitos. É você chorar e poder rir de você mesma no dia seguinte. É mandar flores e cartões, fazer declarações e ver o quão bobo você foi. É ver suas fotos de criança e lembrar que sua paixãozinha do pré hoje mais parece um mendigo.

Tanto na vida quanto no amor não temos garantias. Nem toda pessoa que te chama pra sair é para casar. Nem toda pessoa por quem você se apaixona vai ser pra sempre. O importante é saber aproveitar o momento, e esperar o destino escrever o resto.

Beijos

Thábata ♥

Uma curitibana e típica pisciana que adora filmes, séries, cultura, viagens e tudo de mais incrível, curioso e diferente que o mundo tem para mostrar! Meu propósito de vida é deixar o mundo um lugar mais leve para que as pessoas possam se amar mais, rir mais, relaxar mais e buscar a felicidade! Sempre gostei de escrever e de poder compartilhar meus pensamentos com outras pessoas e encontrei nos meus textos e no meu blog o lugar perfeito para isto.

2 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.