Cinema,  Dicas,  Inspiração,  Textos

O fim do mundo

 

Semana passada assisti um filme chamado “Procura-se um amigo para o fim do mundo”, e fiquei pensando naquela filme um bom tempo. Não é um dos melhores filmes que já assisti, longe disso, mas é um filme que me fez pensar bastante. Para acrescentar ontem, assistindo as tristes notícias do que aconteceu em Santa Maria, pensei nos vários jovens que perderam suas vidas de uma hora para outra, e como o mundo de cada um deles acabou.

Na história do filme todos sabem que um meteoro irá atingir a terra em um determinado tempo, assim muitos começam a fazer coisas que sempre quiseram (vão atrás de seus sonhos, amores perdidos e comem o que quiserem), e outros, coisas que sempre fizeram (vão ao trabalho, mantém a rotina).

O que fiquei pensando foi, será que todos os dias fazemos o que realmente queremos? Ao contrário do filme não sabemos quando o mundo – ou o “nosso mundo” – vai acabar, mas sabemos o que queremos. e se pudéssemos viver cada dia como se fosse o último e fizéssemos tudo o que quisermos sem preocupação (dentro da lei, logicamente). Sem ligar para julgamento. Sem viver para agradar os outros. Sem querer ser perfeito.

O que eu sugiro é assistam o filme, não o levem tão a sério pois o mundo não vai acabar, mas pensem a respeito. Se você acha que seu sonho é trair sua mulher, pense no por que está com ela, se seu sonho é fazer uma loucura, jogue tudo pra cima e faça. Pense no amanhã, mas não se prenda a isso, pense antes de tudo em você – ser um pouco egoísta as vezes não é um problema. Mas acima de tudo esqueça os julgamentos, o que os outros pensam, o problema é delas.

“No fim as pessoas vão te julgar de qualquer jeito. Não viva sua vida para impressionar os outros. Viva sua vida para impressionar a si mesmo.”

Beijos

Thábata

Uma curitibana e típica pisciana que adora filmes, séries, cultura, viagens e tudo de mais incrível, curioso e diferente que o mundo tem para mostrar! Meu propósito de vida é deixar o mundo um lugar mais leve para que as pessoas possam se amar mais, rir mais, relaxar mais e buscar a felicidade! Sempre gostei de escrever e de poder compartilhar meus pensamentos com outras pessoas e encontrei nos meus textos e no meu blog o lugar perfeito para isto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.