Inspiração,  Pessoas,  Textos

A beleza do amor próprio

Depois de passar 3 anos da minha vida trabalhando com um público-alvo bem específico que eram mulheres plus size, consegui perceber que o amor próprio é muito mais do que “não correr atrás do cara que não te quer” ou “estar acima do peso”. Hoje, para mim, o amor próprio é o real significado de felicidade.

Vamos fazer um exercício, se você hoje, fosse a única mulher no mundo, e não tivesse mais nenhuma outra pessoa com quem você pudesse se comparar, você seria feliz com o seu corpo e suas escolhas de vida?

Você é insatisfeita com você mesma por quem é ou por que a mídia/conhecidos/famosos etc. são ou dizem o que é “ideal”? Como você gostaria de ser? E se tem algo em você que realmente te incomoda, você já fez algo para mudá-lo? Vamos ser sinceras, dane-se o que os outros pensam, o seu corpo, sua mente, suas memórias são as únicas coisas que estarão com você até o fim da vida, por que não buscar ser a melhor versão de si mesma e se sentir feliz e confortável na sua própria pele? Está com uns quilos a mais, isso te incomoda? Mude! Isso só incomoda os outros? Mande eles a merda! Quer tatuar as costas, raspar o cabelo, fazer plástica no nariz, usar só roupa preta, faça o que você quiser, mas se molde só aquilo que VOCÊ deseja. Nenhum homem, nenhuma amiga, nenhuma mãe, nenhuma revista, nenhuma musa fitness do Instagram tem que te dizer como ser. Ser você é algo único, e isso já é incrível.

Uma das coisas que eu mais vi na minha vida – e confesso que algumas vezes também fui assim – foram mulheres mudando para serem aceitas, se moldando ao que o namorado/ficante/marido queria, fingindo ser alguém que não são com medo de ficar sozinha, vivendo uma vida cheia de inseguranças. Hoje vejo que o pior cenário de vida possível para alguém é não ser verdadeiro com si mesmo. Casar, ficar rica, ser uma pessoa esteticamente “perfeita” não é sinal de felicidade.

A mensagem que eu quero passar é: ame-se, aprenda a se admirar, se não gosta de algo em si mesma, mude, isso só depende de você. Se elogie, se conheça, experimente coisas novas, reflita se algumas coisas que você faz é por você ou pelos outros.

Nessa vida a única coisa que você precisa é ter saúde, o resto só depende do seu próprio esforço e principalmente, da sua mente!

<3

Thábata

Uma curitibana e típica pisciana que adora filmes, séries, cultura, viagens e tudo de mais incrível, curioso e diferente que o mundo tem para mostrar! Meu propósito de vida é deixar o mundo um lugar mais leve para que as pessoas possam se amar mais, rir mais, relaxar mais e buscar a felicidade! Sempre gostei de escrever e de poder compartilhar meus pensamentos com outras pessoas e encontrei nos meus textos e no meu blog o lugar perfeito para isto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.