Arquivo para maio, 2013

23
maio

25 Coisas…

 

…que eu ainda estou aprendendo aos 25 anos.

Eu, no auge dos meus 25 anos, em uma fase nada fácil, onde nada é muito certo mas tudo tem que ser. Aquela fase em que nos damos conta de que somos adultos e temos que dar um rumo a nossas vidas. Percebemos que nossos pais, no final das contas, estavam certos. Que nada é fácil, e que nunca deveríamos ter crescido. Nossas crenças mudam, nos sentimos perdidos e não sabemos realmente se casamos ou compramos uma bicicleta.

Filosofando comigo mesma sobre isso encontrei no blog Thought Catalog AQUI,  uma lista de “25 Things I Am Still Learning At 25”, e achei sensacional. O blog é em inglês, mas eu traduzi (do jeito que deu) a lista e trouxe para vocês. Eu, nos meus 25, concordo em gênero e grau com os itens, quem sabe as pessoas com 30, 40 anos ainda estejam descobrindo algumas dessas coisas…

25 Coisas Que Eu Ainda Estou Aprendendo Aos 25

1. A maioria das coisas que você acredita que irão te matar, provavelmente não irão.

2. As coisas que você acredita que não vão te matar, podem ser as que te matem. E se não o fizerem, pelo menos irão te dar um belo susto.

3. As pessoas mudam. Os pensamentos delas vão mudar, e mudar e mudar de novo.

4. Você vai mudar. Seus pensamentos vão mudar, e mudar e mudar de novo.

5. Você deve fazer muitas coisas na vida que você não quer. Considere estas coisas como exercícios que irão te acrescentar, aceite e faça.

6. Você não terá que fazer estas coisas para sempre, e assim que você encontrar uma escapatória, use-a.

7. Mantenha estas escapatórias em mente. Mas não use-as muito descaradamente.

8. Quanto mais tempo você se manter em uma batalha, mais fácil será de suportar seus ferimentos. Não se curve. Não pare de lutar pelo que você acredita.

9. Você é mais parecido com seus pais do que imagina. Agarre cada ponto forte e fraco, você ainda tem muito a aprender com eles, aproveite ao máximo enquanto há tempo.

10. O mundo pode ser sua concha, mas cuidado, ele é a concha de todas as outras pessoas também. O mundo é muito competitivo, mantenha-se sempre alerta.

11. Não existe um caminho perfeito que você tenha que descobrir. Você deve simplesmente ser você. Isso é uma longa jornada que exige muito sacrificio.

12. As vezes você precisa perder algumas coisas que gosta muito. Existe uma razão para isto.

13. As vezes você vai se sentir perdido. Só tente não ficar perdido por muito tempo.

14. A maioria das respostas não surgem com facilidade. Algumas delas nunca surgem.

15. Não tem problema você questionar tudo. Ter mais perguntas do que respostas só significa que você esta sendo honesto com você mesmo.

16. Honestidade é o primeiro passo para tudo aquilo que vale a pena.

17. Muitas vezes a idéia que temos sobre alguma coisa é mais atraente do que esta coisa em si.

18. Não há problema algum em ser egoísta quando se trata do seu bem. Na verdade, ser egoísta é vital para o seu próprio bem.

19. Nenhuma quantia de dinheiro no mundo vale mais do que ser verdadeiro com você mesmo. Se alguém te diz o contrário, fuja.

20. Não tem problema algum em fugir. Mas fuja para o lugar mais claro – desde que não seja a luz de um trem.

21. Também não há problema algum em ficar e encarar os problemas. Só não fique por muito tempo a ponto de esquecer como se levantar e fugir novamente.

22. Apesar de você se sentir seguro e confortável as vezes, conforto e segurança são apenas ilusões. Não existe uma rede artificial esperando para te pegar quando você cair. Tudo depende de você.

23. As melhores coisas da vida só são aprendidas da maneira mais difícil.

24. As melhores coisas da vida ainda são de graça. Você só deve procurá-las.

25. A vida não é uma corrida. Mantenha a calma para não perder as maravilhosas experiências que estão te esperando a cada esquina.

 

Verdade não?

Beijos

Thábata

 

Tem umas coisas na internet que a gente encontra que não da pra entender. Algumas semanas atrás minha irmã me mostrou algo que achei meio inacreditável mas ao mesmo tempo criativo. O prêmio IgNobel. O prêmio consiste em uma brincadeira (levada a sério) com o prêmio Nobel. Ao contrário do famoso prêmio, desejado por milhares de intelectuais, o IgNobel premia descobertas sem sentido, que antes de tudo nos fazem rir, mas depois pensar.

Criado pela revista Annals of Improbable Research, desde 1991 a premiação ocorre a cada outono na universidade de Harvard. A idéia é premiar a criatividade, atrair interesse público para a ciência, medicina e para a tecnologia. Muitos prêmios são entregues por vencedores do original, e honroso, prêmio Nobel.

Vamos ver algumas pesquisas já premiadas…

– Um prêmio de física foi entregue a pesquisadores da Nova Zelândia que chegaram a conclusão de que pessoas que usam meias em cima dos sapatos tem menos facilidade de escorregar em superfícies cobertas de neve.

– Em linguística um dos premiados comprovou que os ratos não distinguem gravações em Holandês e em Japonês, tocadas de trás para frente. (oi?)

– Um dos vencedores do prêmio de literatura recebeu o prêmio por publicar seu relatório: “Publicação de Relatório sobre Relatório que Fala Sobre o Relatório que Recomenda a Preparação de um Relatório Sobre o Relatório do Relatório do Relatório”.

– As pulgas dos cães pulam mais alto do que as dos gatos, foi o resultado de uma das pesquisas vencedoras em biologia.

– Vacas com nomes produzem mais leite do que vacas que não são reconhecidas. Prêmio de medicina veterinária para eles.

– Falar palavrões alivia a dor, segundo os vencedores da categoria Paz, Richard Stephens, John Atkins e Andrew Kingston.

– A Universidade de Keio, no Japão, levou um prêmio em psicologia por provar que os pombos também merecem atenção especial. Depois de treinados, os pombos conseguiram distinguir pinturas de Monet e de Picasso. Interessante.

– John Trikaus recebeu um prêmio de literatura graças a diversos trabalhos acadêmicos publicados. Muito relevantes, eles falam de diversos assuntos como: a porcentagem de jovens que usam seus bonés com as abas para trás, a quantidade de pedestres que usam tênis brancos e o número de estudantes que não comem couve-de-bruxelas.

 

Bizarro não?

Beijos

Thábata

 

Eu adoro o 9gag, sempre encontro imagens engraçadas e coisas interessantes. Todos os dias dou uma olhada no site. O legal é que não são somente fotos com memes e baboseiras, algumas pessoas postam coisas realmente interessantes, o problema é que não sabemos a fonte. Fuçando ontem encontrei algumas curiosidades muito legais sobre cinema. Vamos ver…

– Muitas cenas das batalhas do filme Coração Valente tiveram que ser regravadas. Muitos dos figurantes estavam de óculos escuros e relógios de pulso.

– No filme O 5 Elemento, o vilão Zorg e o herói Korbin Dallas nunca se conheceram.

– Haley Joel Osment (o menino de O Sexto Sentido) teve seu primeiro papel no cinema como o filho de Forrest Gump.

– No filme Um Estranho no Ninho (com Jack Nicholson) muitos dos extras que aparecem no manicômio eram pacientes mentais de verdade.

– Todas as cenas de Matrix em que eles estão na “Matrix” tem um filtro verde para dar alusão a uma tela de computador.

– Em Alien, a personagem Ripley (Sigourney Weaver) era para ser interpretada por um homem, os diretores resolveram mudar o papel por ser inesperado que o sobrevivente fosse uma mulher.

– A língua falada pelos aliens em Distrito 9 foi produzida por abóboras sendo esfregadas.

– A máquina do filme Contato, foi originalmente desenhada para aparecer em O Exterminador do Futuro 2.

– Todos os filmes em que Hulk aparece, Lou Ferrigno o interpretou ou dublou.

– Steven Spielberg recusou seu pagamento em A Lista de Schindler alegando que seria “dinheiro com sangue”.

– O computador do Homem de Ferro se chama J.A.R.V.I.S, em inglês “Just a Rather Very Intelligent System” (Somente um Sistema Inteligente.)

 

Legal né?

Beijos

Thábata

 

Faz algum tempo que eu não passo dicas de viagem por aqui né? Fiquei devendo para vocês a minha viagem de final de ano, quando fui para a República Dominicana com a minha família passar a virada do ano! Foi uma delícia. Vamos ver algumas dicas para quem esta pensando em ir para lá…

Bom, para quem não sabe a República Dominicana fica na Ilha de São Domingo, juntamente com Porto Rico e o Haiti. É um país extremamente pobre, e tem quase toda a sua economia voltada para o turismo e a produção de açúcar. Com belos resorts e uma paisagem natural de tirar o fôlego é o destino perfeito para relaxar ou passar um tempo com os amigos.

Quando fomos, ficamos a maior parte do tempo dentro do resort. Os hotéis são gigantescos, com uma infra-estrutura completa de restaurantes, lojas, piscinas, praias particulares e lazer. Na hora de decidir aonde ficar, escolha os maiores hotéis, você terá mais opções de coisas para fazer.

Sair para as cidades é algo raro, pois não há muito o que se fazer. O mais comum é ir de hotel em hotel para novos restaurantes ou festas. A capital, Santo Domingo, é um pouco melhor para passeios turísticos na própria cidade.

– Para mergulhar uma boa opção é Northern Coast, tem boas críticas e é conhecido pelo bom atendimento.

– Cada hotel tem seus passeios, um dos que fizemos foi locar pequenas lanchas de duas pessoas e passear, no final do passeio mergulhamos em uma piscina natural. É gostoso e lindo, e é você quem guia sua própria lancha.

– Se você gosta de se aventurar em lugares diferentes, existem belas cachoeiras em Puerto Plata.

– Quando fomos ficamos em Punta Cana, lá existe a Bavaro Beach, uma linda e muito conhecida praia.

– Para sair a noite as melhores baladas são dentro dos hotéis, em Punta Cana existe uma muito famosa que fica dentro de uma caverna, chamada Disco Imagine.

-Além disto o hotel Hard Rock tem toda uma estrutura na praia para grandes shows, fomos no show do David Guetta e estava bem bom – para quem estava na área vip, fora disso é um pouco desorganizado.

– Acredito que seja ótimo para casais em lua de mel. Alguns hotéis tem áreas privadas somente para casais aonde os quartos possuem piscinas particulares e serviço especial.

 

DICAS:

– Não pegue pacotes All Incluse, eles são limitados e a maioria das refeições são em buffet, não vale a pena.

– Pesquise e negocie, o povo é alegre, mas malandro, eles jogam os preços lá em cima.

– Se você gosta de charutos é um bom local para fazer compras, fora isto, não se anime muito.

 

Vontade de deitar no sol e ficar o dia olhando aquela paisagem!

Beijos

Thábata